Gabrielli, Dilma: o Governo Lula resolveu enfrentar o PiG (*)

O Presidente que tem medo, o Presidente Lula, cometeu o erro de não enfrentar o PiG (*).

. Como diz a epígrafe do Conversa Afiada, o PiG (*) é uma excrescência brasileira: democracia que se preze não pode ter uma imprensa militante, de baixa qualidade e tão despudoramente golpista como a brasileira.

. No momento, o PiG (*) se dedica a fechar o Senado e a vender a Petrobrás.

. Como dizem a Carta Capital desta semana (**) e Mauricio Dias na entrevista ao Conversa Afiada: o PiG (*) foi para cima, porque Sarney apóia Lula.

. O Congresso não presta.

. Porém, presta mais serviços à quase-democracia brasileira do que o PiG (*).

. O erro do presidente Lula foi ter medo do PiG (*).

. Ele poderia ter adotado uma de duas saídas.

. A do Presidente Chávez, que governa um país onde há mais diversidade de opinião na mídia do que no Brasil, e cassou a licença de uma rede de televisão.

. E criou uma rede de tevê forte, competitiva.

. Ou fazer como o Presidente Franklin Roosevelt.

. Roosevelt se elegeu com 60% dos jornais americanos contra ele.

. Qual a saída ?

. Dar um pulo tecnológico para a frente.

. Roosevelt se tornou o primeiro líder político a utilizar o rádio como instrumento de comunicação de massa.

. O que Lula poderia ter feito, diante da constatação de que três - TRÊS (***) - famílias brasileiras controlam a mídia nacional e são, historicamente, golpistas e anti-trabalhistas ?

. Dar o pulo tecnológico e enfrentar o PiG (*) na internet, nos meios de comunicação que a digitalização alcança.

. E entregar a cada criança brasileira um computador com banda larga.

. Os fundamentalistas do Irã quase caem por causa do Twitter.

. Lula e a internet teriam feito um estrago irreversível ao PiG (*).

. Mas, Lula teve medo do PiG (*) e não percebeu o alcance da nova mídia.

. Agora, porém, Sergio Grabrielli - leia a entrevista que deu ao Estadão e que o Conversa Afiada reproduziu -, e Dilma Rousseff resolveram ir para cima.

. Gabrielli usa todas as letras: o PiG (*) mente.

. Dilma provavelmente processará a Folha (****), porque publicou como verdadeiro um documento falso - a ficha de Dilma na Polícia, nos anos militares.

. O Governo Lula demorou.

. Apanhou, apanhou, mas começou a reagir.

. Diante do PiG (*), Lula deve ter pensado: "deixa comigo".

. A minha popularidade vence tudo o que o PiG (*) disser e o PiG (*) se desmanchará por si próprio.

. O PiG (*) agoniza.

. Mas ainda faz a agenda política.

. Como disse o professor Wanderley Guilherme dos Santos: o PiG (*) tem o poder gerar crises.

. Como diz o Gabrielli: é um jogo de ping-pong.

. O PiG (*) mente e no dia seguinte um senador hipócrita, como o Arthur Virgílio Cardoso (*****), que empregava professor de judô à custa do nosso dinheiro, sobe a tribuna e pede mais CPI contra a Petrobrás.

. Eles jogam de mano.

. E pior, como diz o Mino Carta: o próximo presidente não será um metalúrgico, que entrou na alma do povo.

. O problema do PiG (*) não era do Governo Lula.

. O PiG (*) é um problema da democracia brasileira.

. O PiG (*) ajudou a matar Vargas, depôs Jango (presidente eleito segundo as regras do jogo democrático), apoiou a intervenção militar de 64, e tenta derrubar Lula desde o primeiro dia de governo.

. O problema do PiG (*) é o povo.

. É a ascensão do trabalhador à classe média.

. O PiG (*) não gosta disso.

. E Lula, egoisticamente, se curvou diante do PiG (*).

. Pensou nele e não na democracia.

. Ainda bem que o Gabrielli (desde a criação do blog) e a Dilma entenderam o que está em jogo.

Xerox: : Paulo Henrique Amorim

Nenhum comentário: