Nossos economistas.

Segundo o economista e acessor de Barack Obama, Robert Pollin , as medidas tomadas por Obama quanto a crise financeira, são " muito débeis e decepcionantes" mas, são compreensíveis tendo em vista as pressões que vem sofrendo de seus acessores políticos que são todos oriundos de Wall Street e ligados aos grupos de Clinton e Bush.

Concluiu : " Não se pode negar que Marx era um grande observador do capitalismo, do comportamento do mercado financeiro e das crises........Em sua época não foi muito bem entendido, apesar de não dispor das ferramentas estatísticas de hoje, chegou a conclusões muito certas, e lendo hoje a Marx se aprende muito mais que lendo a 95% dos economistas atuais".

Enquanto isso, aqui pelas terras brasileiras, a nossa "esquerda" tema em esquecer o velho "Marx".

Ver matéria completa AQUI ( espanhol)

Nenhum comentário: