Reservas internacionais chegam a US$ 209,5 bi .

As reservas internacionais brasileiras voltaram a subir nos últimos dois meses com as compras de dólares efetuadas pela autoridade monetária e bateram novo recorde histórico, ao somar US$ 209,57 bilhões, segundo números divulgados nesta sexta (17) pelo Banco Central.

O recorde anterior, ainda segundo números do BC, havia sido registrado em 6 de outubro do ano passado, quando as reservas somaram US$ 209,38 bilhões. O presidente da instituição, Henrique Meirelles, observou, no início deste mês, que o BC estaria aproveitando a melhora da situação externa para retomar de forma mais expressiva a política de aumento das reservas internacionais.Reserva internacional ou cambial é o volume de dólares que o País tem em caixa.

O governo acumula a moeda norte-americana de duas formas: comprando dólares no mercado ou fazendo emissões de títulos da dívida pública - que são comprados pelos investidores e cujo pagamento é depositado nas reservas. As reservas também podem variar por conta da remuneração das aplicações que são feitas com estes recursos - a maior parte em títulos do Tesouro dos Estados Unidos.

A grande vantagem de ter dólares em caixa é que isso dá garantias contra eventuais crises no mercado internacional, como a da Rússia, em 1998, e contra a atual crise financeira internacional. Com os dólares, o país tem mais autonomia.

Nenhum comentário: