“A queda da desigualdade é impressionante”

"O que importa mais é a desigualdade entre as famílias … É uma sequência de queda impressionante. Nunca tivemos nesse país quedas tão intensas e por tanto tempo. Desde 2001 (*), a desigualdade vem caindo no Brasil. A RENDA DOS MAIS POBRES CRESCE SETE VEZES MAIS RÁPIDO DO QUE A RENDA DOS MAIS RICOS. (Ênfase minha - PHA.) Todos estão ganhando. É o crescimento com equidade."

Essa frase consta de uma entrevista que Ricardo Paes e Barros concedeu ao Globo neste sábado e que o Globo escondeu devidamente, no sótão da pág. 28

Ricardo Paes e Barros é do IPEA e reconhecidamente um dos mais importantes estudiosos da questão da pobreza e da desigualdade, como o próprio Globo reconhece.

Clique aqui para ler mais sobre o belo retrato do Brasil, que saiu na PNAD

Lamentavelmente, a urubóloga Miriam Leitão se transformou em crítica teatral ao voltar das férias.

E ignorou a PNAD.

Hoje, no Globo, ela trata de Fernando Montenegro e de Simone de Beauvoir.

Melhor assim …

Paulo Henrique Amorim

Nenhum comentário: